Carregando
Carregando conteúdo
[contact-form-7 404 "Not Found"]

Doença de Raynaud: causas, sintomas e tratamento

Data

6 ● maio ● 2019
Saúde de A a Z

Saiba tudo sobre a doença que muda a coloração da pele

 

Você já ouviu falar na doença que faz a coloração da pele variar, essa é a chamada Doença de Raynaud. Ela ocorre devido a uma alteração na circulação sanguínea, que faz a cor da pele variar bruscamente ficando inicialmente pálida e fria, passando de azulada ou roxa e por fim a pele fica com uma coloração avermelhada normal, a doença costuma atingir mãos, pés e também os dedos, o nariz, os lóbulos das orelhas.

A doença de Raynaud é um tipo de desordem rara que afeta as artérias e pode ser dos tipos primária e secundária. Aqui você vai saber um pouco mais sobre esta doença que causa estreitamento dos vasos sanguíneos e pode causas vários danos à saúde.

Aqui você vai saber mais sobre a doença de Raynaud, como se manifesta, seus sintomas, causas e tratamento.

Boa leitura!

O que é a doença de Raynaud?

A doença de Raynaud se caracteriza por episódios curtos de vasoespasmos que consistem em um estreitamento dos vasos sanguíneos das artérias.

Esse vasoespasmo reduz o fluxo sanguíneo em algumas partes do corpo, fazendo  com que os dedos das mãos e dos pés geralmente fiquem sem sangue. Cerca de  40% das pessoas atingidas pela doença tem seus dedos das mãos e dos pés afetados pelo problema que também pode afetar nariz, orelhas, mamilos e lábios.

Quando a doença ataca, nenhuma ou pouca quantidade de sangue flui para essas partes do corpo afetadas. A doença de Raynaud torna a pele pálida ou com manchas vermelhas que podem ficar azuladas em um curto espaço de tempo.

A medida que o fluxo sanguíneo vai retornando, as áreas afetadas do corpo podem ficar vermelhas com a sensação de estarem latejando ou com um formigamento podendo até mesmo causar dor nessas áreas.

Tipos da Doença de Raynaud

– Raynaud Primário

Esse tipo é de causa desconhecida e costuma ser mais comum e mais severo que o tipo secundário.

– Raynaud Secundário

Esse tipo é causado por uma condição ou algum outro fator que pode provocá-lo.

Causas

O frio é uma condição que pode desencadear crise na Doença de Raynaud

A doença de Raynaud é provocada devido ao aumento da atividade do sistema nervoso simpático, que tem sua reatividade vascular digital potencializada por alguns fatores como:

  • Frio;
  • Stress;
  • Lesões nas mãos e nos pés;
  • Exposição a alguns produtos químicos;
  • Medicamentos que reduzem as artérias ou afetam a pressão arterial (como exemplos temos os bloqueadores-beta, que diminuem a pressão arterial e as pílulas anticoncepcionais, que afetam o fluxo sanguíneo).

 

As causas possíveis do fenômeno de Raynaud (secundário) são:

 

O fenômeno de Raynaud pode ser provocado também por distúrbios no tecido conjuntivo ou nas artérias, síndrome do túnel cárpico, realização de atividades com gestos repetitivos, uso de cigarro, lesões nas mãos ou nos pés e ingestão de certos medicamentos.

As pessoas que tem Raynaud ficam mais sensíveis ao frio e podem até mesmo ter dificuldades para tirar algo do congelador ou estar exposto a temperaturas abaixo de 15 graus. Isso pode fazer com que os dedos fiquem em uma cor azulada.

Sintomas

Os sintomas característicos da doença de Raynaud são mudança de cor dos dedos, que primeiro tornam-se pálidos, depois podem ficar amarelados ou mesmo azulados, devido ao fluxo de sangue não chegar nessas áreas, voltando a ficar com uma coloração avermelhada, até a circulação voltar ao normal.

Outras situações que podem acontecer é da pessoa ter uma sensação pulsante e dolorosa nessas partes atingidas. Quando a circulação é retomada e pode ainda surgir pequenas feridas ou mudanças na textura da pele.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da doença é feito a partir do momento que o paciente relata os sintomas e o médico realiza um exame físico para comprovar a existência da doença.

Para excluir outras possíveis doenças que causam os mesmos sintomas ou sintomas similares, como doenças autoimunes , por exemplo, o médico pode solicitar alguns exames específicos, como um teste de anticorpos antinucleares, que dá positivo quando se trata de uma doença autoimune ou um teste que mede a velocidade de sedimentação dos glóbulos vermelhos, que também mostra um resultado elevado caso a pessoa tenha uma doença autoimune ou inflamatória.

Tratamento

É importante buscar um médico para fazer o diagnóstico e tratamento da doença de Raynaud.

A doença de Raynaud tanto primária como secundária não tem cura. No entanto, o portador da doença pode contar com tratamentos para reduzir o número e a gravidade dos ataques provocados pela doença. Os tratamentos incluem mudanças no estilo de vida, medicamentos e, raramente pode precisar de cirurgia.

Quem tem a doença também pode desenvolver feridas nos dedos das mãos, dedos dos pés ou outras partes do seu corpo. Caso você tenha a doença,  consulte um médico imediatamente. O tratamento precoce  pode ajudar a evitar danos permanentes nessas áreas.

Prevenção

Não existe um meio efetivo de combater a doença de Raynaud, normalmente algumas medidas simples podem melhorar as crises como evitar ambientes muito frios, usar luvas e meias grossas no inverno, isso ajuda a evitar as manifestações dessa doença.

Nos casos mais graves, quando o fenômeno provoca muitos incômodos, de forma frequente ou quando há um risco de complicações maiores. Para isso o médico pode indicar um tratamento com medicamentos que possam reduzir as sensações de desconforto, ajudando a melhorar a circulação sanguínea.

Convivendo com a Doença


Algumas medidas de prevenção são importantes como proteger as mãos durante as épocas mais frias.

A doença de Raynaud implica em algumas mudanças no estilo de vida do paciente, isso pode ajudar a evitar episódios que podem desencadear o ataque. Alguns fatores favoráveis a desencadear a doença como temperaturas frias, stress emocional, fatores de trabalho ou recreacionais e contato com determinados produtos químicos ou medicamentos devem ter atenção por parte do paciente.

Algumas dicas são importantes para evitar as crises, entre elas estão:


Para se proteger das temperaturas frias:

  • Use um chapéu, luvas, cachecol, casaco com punhos apertados, meias e calçado quentes durante o tempo frio;
  • Tenha consigo aquecedores de mãos e pés. Podem ser pequenas embalagens em gel que se colocam no micro-ondas;
  • Aqueça o carro antes de conduzir num clima frio;
  • Use luvas quando tirar comida do frigorífico ou congelador.

 

Para evitar o stress:

  • Procure evitar o contato com coisas ou pessoas que o deixem chateado ou estressado. Fazer uma atividade física, ouvir música ou focar-se em algo que lhe traga tranquilidade também é positivo e ajuda a evitar as crises. Algumas pessoas também optam por aprender yoga, tai chi ou meditação.

Uso de Medicamentos e Cirurgia

Se as mudanças no estilo de vida não forem suficientes para controlar as crises provocadas pela doença de Raynaud, poderá ser necessário recorrer a medicamentos ou cirurgia. Os medicamentos ajudam a ​ melhorar o fluxo sanguíneo para os dedos das mãos e dos pés.

Existem também alguns cremes que auxiliam na circulação sanguínea e suplementos à base de ginkgo biloba que também podem atuar de forma benéfica n tratamento.

A doença raramente pode provocar feridas na pele ou gangrena (morte de um tecido por falta de irrigação sanguínea). Se isso acontecer, podem ser necessários antibióticos ou cirurgia para remover o tecido danificado. Em casos muito graves, o dedo afetado pode mesmo precisar de ser amputado.

Conclusão

A doença de Raynaud é uma condição que não tem cura e pode atingir pessoas de diversas idades.

 

A doença de Raynaud consiste em uma alteração na circulação sanguínea das mãos e dos pés, podendo atingir também os dedos, o nariz, os lóbulos das orelhas. A coloração da pele varia bruscamente. De início fica pálida e fria, passando para azulada ou roxa e por fim, a pele volta a ter sua coloração avermelhada, normal.

 

A causa que leva a mudança súbita da cor durante as crises da doença é desconhecida, mas alguns estudos revelam que pode estar associada com a exposição ao frio e com alterações emocionais bruscas e por isso esta doença costuma ser mais frequente entre as mulheres. Seu primeiro episódio acontece comumente antes dos 40 anos.

 

Se ao ler esses sintomas você suspeita de estar com a Doença de Raynaud ou reconhece alguém próximo que esteja manifestando os sintomas da doença, procure um médico imediatamente para fazer um tratamento. Na Cia. da Consulta você pode agendar de forma rápida e prática e pode cuidar da sua saúde com todo o conforto, rapidez e bem-estar.

Compartilhe esse artigo e ajude as pessoas a saberem mais sobre a Doença de Raynaud e com isso se prevenir. Veja também mais textos com dicas de saúde para aumentar a sua qualidade de vida e melhorar a sua saúde, leia aqui:

Insolação. Sintomas, causas e tratamento

Gonorreia. Sintomas, transmissão e como tratar

Gravidez. Da fecundação ao parto