Carregando
Carregando conteúdo
[contact-form-7 404 "Not Found"]

Clínica médica: O que é, Como Funciona e Para que serve

Data

28 ● novembro ● 2018
Saúde de A a Z

Clínica médica: O que é, Como Funciona e Para que serve
Avalie este post!

Conheça mais sobre a especialidade médica que conhece uma generalidade de doenças

Você tem dúvidas de quando procurar um profissional de clínica médica e quais doenças ele pode tratar? A Clínica médica é uma especialidade da medicina que compreende diversas áreas do corpo e dos sistemas e órgãos humanos e pode fazer o diagnóstico de diferentes doenças e encaminhar o paciente para um profissional específico para tratar a doença que ele venha a desenvolver.

 

O profissional que atua na Clínica médica é o Clínico Geral e ele pode atuar em consultórios particulares e públicos, como também em hospitais principalmente nas áreas de urgência e emergência onde o paciente precise de um diagnóstico e medicação rápidos para melhorar o seu sintoma até procurar um médico que trate especificamente o seu problema.

 

A clínica médica também é responsável por fazer um check up geral da saúde, solicitar e até mesmo realizar alguns tipos de exames. Os pacientes também costumam procurar essa especialidade quando estão com um sintoma mas não sabem qual especialidade médica procurar.

 

Aqui você vai conhecer mais sobre a especialidade de clínica médica, em que áreas atua, quais sintomas e doenças pode tratar e quando procurar um profissional da área para auxiliar nos cuidados e restabelecimento da sua saúde.

 

Saiba mais sobre outra especialidade médica que cuida da saúde do homem, o Urologista.

 

O que é Clínica Médica? (Medicina Interna)

A Clínica médica, é a especialidade médica que trata de pacientes adultos fazendo um diagnóstico de diversas doenças que não sejam cirúrgicas, obstétricas e ginecológicas. Essa é uma especialidade que tem um prévio conhecimento de algumas especialidades médicas como cardiologia, gastroenterologia, dermatologia, nefrologia, pneumologia,  entre outras.

A Clínica médica é uma especialidade presente em diversas clínicas e hospitais.

 

Um clínico geral pode atuar em hospitais, pronto-socorro e clínicas médicas públicas e particulares. Ele geralmente identifica o problema e encaminha o paciente a um especialista para que ele possa ter um diagnóstico preciso e fazer um tratamento adequado da doença que venha a ser identificada.

 

Visto que algumas doenças possuem sintomas bem parecidos e pedem um tratamento específico de pessoa para pessoa é recomendado que o paciente faça um tratamento com o especialista na área. No Brasil essa especialidade também é conhecida como medicina interna.

 

O que é um médico Clínico Geral?

O Clínico Geral faz atendimento e encaminha o paciente para consultas mais específicas.

 

O médico clínico Geral é o especialista da área da Clínica médica, ele atua em ambiente clínico ou hospitalar atendendo pacientes adultos que estão com um ou mais sintomas precisando de um atendimento rápido ou de uma indicação para uma especialidade específica.

 

Um médico Clínico Geral conhece de forma aprofundada os órgãos, sistemas e aparelhos do corpo humano, faz diagnósticos, solicita e realiza exames, prescreve medicamentos e em alguns casos realiza cirurgias.

 

O Clínico Geral é responsável por receber e acompanhar clientes em consultórios, hospitais, clínicas, empresas, residências e em locais de urgência, conversando para ouvir seu histórico de saúde, queixas e descrição dos sintomas, além de examinar, auscultar e apalpar o paciente dependendo dos sintomas.

 

Após encaminhar o paciente a profissionais de outras especialidades, quando apropriado, o clínico geral também deve manter contato frequente com outros especialistas que sejam necessários no tratamento de determinadas doenças.

 

O que é Enfermagem Clínica?

A enfermagem clínica trabalha no auxílio da recuperação dos pacientes para que possam alcançar um bom estado de saúde física, mental e emocional possível, além de promover um sentimento de bem-estar ao mesmos através do cuidado com o paciente juntamente com o apoio de seus familiares.


A enfermagem clínica atua em conjunto com o clínico geral nos tratamentos e recuperação dos pacientes.

 

Esse cuidado ajuda a melhorar e prevenir doenças e danos, visando a recuperação do paciente dentro do menor tempo possível ou também pode proporcionar apoio e conforto aos pacientes em processo de morrer e aos seus familiares.

Por ser um setor que trata de pacientes com as mais diversas doenças, a enfermagem clínica tem uma ligação direta com a maioria dos setores de um hospital e os  também pode atuar neles, como:

– Unidade de Terapia Intensiva (UTI);

– Unidade de Hemodiálise;

Banco de Sangue;

– Laboratórios;

– Pronto-Socorro;

Como é uma consulta de Clínica médica?

Na consulta de Clínica médica o profissional geralmente ouve as queixas de sintomas do paciente e pode fazer um diagnóstico ou encaminhar o paciente para o médico especialista na área de acordo com as queixas e relatos de sintomas do paciente.

O Clínico geral tem um amplo conhecimento em diversas doenças e sintomas.

 

O maior diferencial do profissional clínico geral é ter um amplo conhecimento de diferentes vertentes e o  maior diferencial do clínico geral é que ele pode acompanhar seus pacientes ao longo da vida, conhecendo profundamente seu histórico de saúde, levando em conta o estado psicológico, social e familiar.

 

Muitas vezes, pode ajudar o paciente a entender melhor a conduta de um especialista e esclarecer dúvidas a respeito do uso de diversos medicamentos receitados, sua atuação hoje em dia também é muito importante em doenças complexas que necessitam de acompanhamento, o clínico geral também pode atuar ajudando o paciente e se integrando sobre condutas e medicações.

 

Quais principais doenças um clínico médico pode diagnosticar e tratar?

O Clínico médico ou clínico geral está apto a tratar diversas doenças de pacientes adultos e encaminhar seu paciente quando houver necessidade de um especialista para um tratamento mais aprofundado, quando o problema é muito específico. Assim uma consulta com clínico geral abrange:

 

 

Clínica médica para crianças

Já falamos neste texto do clínico geral atender adultos, mas ele também pode atender crianças? Antes mesmo de a criança nascer, uma das preocupações dos pais é encontrar um pediatra para cuidar dela. Uma escolha que é fundamental e deve ser estabelecido um laço de confiança e segurança, ainda mais nos primeiros anos.

O clínica médica pode atender crianças em casos de urgência, mas é necessário consultar um pediatra.

 

O clínico geral não é o profissional recomendando para cuidar da saúde das crianças, essa função fica a cargo do pediatra, pois a saúde das crianças tem características muito peculiares e a medicina pediátrica é ideal para tratar essas particularidades.

 

Embora todos os médicos aprendam a cuidar de uma pessoa na faculdade, a pediatria não é a área específica do clínico geral e nem é a área que ele está acostumado a atuar. Em uma urgência, na falta de um pediatra o clínico pode atender sim, mas dificilmente um clínico vai aceitar atender uma criança em seu consultório para uma consulta de rotina ou fazer um tratamento.

 

Porém é importante você saber que não poderá contar com o pediatra para sempre nos cuidados com o seu filho. A função desse profissional de fato é muito importante, pois as crianças estão e passam por etapas da vida em que a saúde é mais vulnerável. Logo que nascem o corpo ainda está despreparado para lidar com os vírus e bactérias e precisa de cuidados para desenvolver os anticorpos necessários para reagir às doenças.

Com o passar dos anos, o organismo fica cada vez mais forte e, com essa adaptação, a própria necessidade da criança ir ao pediatra diminui. Isso não significa que a criança não precise mais realizar consultas de rotina. Na verdade, elas são importantes durante toda a vida para a prevenção, pelo menos uma vez por ano em condições de boa saúde.

 

Mas em determinado momento, entra o papel do clínico geral nesses cuidados e é quando passa a ser feita a transição do pediatra para o clínico geral. Oficialmente, um pediatra pode continuar a realizar o atendimento clínico até os 21 anos do paciente.

 

Essas são recomendações do Conselho Americano da Prática Pediátrica, que estabeleceu os limites atuais em 1969. Porém é muito difícil ver adolescentes maiores de 16 anos agendarem consultas com um pediatra.

E essa escolha não depende somente dos pais, mas também dos padrões adotados pelo pediatra. Alguns se colocam à disposição dos pacientes até os 21 anos, enquanto que outros podem inclusive recomendar um clínico geral de confiança para dar continuidade aos cuidados com a saúde.

 

Clínica médica para idosos ou terceira idade

O avanço da idade exige algumas limitações na saúde de maior ou menor intensidade que podem prejudicar a qualidade de vida da pessoa idosa. O organismo passa a exigir necessidades específicas e algumas medidas tomadas que antes eram tomadas, já não surtem tanto efeito.

O profissional ideal para cuidar da saúde do idoso é o geriatra.

 

Muitas das novas limitações que os idosos passam podem ser previstas e, consequentemente, minimizadas. E mesmo que o idoso seja saudável, ativo e independente, é importante saber que sua fisiologia já não é a mesma e, portanto, sua saúde precisa receber cuidados especiais.

 

Por isso, ter um acompanhamento de um médico específico para o idoso faz toda a diferença, e o profissional responsável nesse caso é o geriatra. E no mesmo caso que ocorre no atendimento com as crianças, em uma situação de urgência, na falta de um geriatra o clínico pode atender sim, não é preferível fazer consultas de rotina ou fazer um tratamento contínuo.

 

Embora seja relacionado ao termo “médico de idoso”, o geriatra é muito mais do que isso. Diferente de um médico especialista em determinado órgão ou doença, o geriatra é um especialista em saúde do idoso. Sua atuação abrange todo o processo do envelhecimento, unindo características de cuidados preventivos, paliativos e tratamento.

Alguns idosos e familiares podem não sentir necessidade de procurar um geriatra, em decorrência de que realizam acompanhamento com profissionais especialistas em Clínica Geral, Cardiologia, Nefrologia e Neurologia, por exemplo.

A questão é que, como já falamos, as necessidades dos idosos são específicas, e algumas particularidades relacionadas ao envelhecimento saem do escopo desses profissionais especialistas, por isso a importância de colocar os cuidados da saúde do idoso nas mãos de um geriatra.

Aqui estão sintetizados os três principais motivos para procurar um médico para idosos e não um clínico geral:

1. Prevenção
Por conhecer profundamente os problemas que acometem os idosos, o geriatra trabalha para realizar a prevenção de doenças que surgem com o envelhecimento – inclusive as pessoas mais jovens podem consultá-lo com essa finalidade e se cuidar para chegar mais saudável no futuro.

2. Acompanhamento
O processo de envelhecimento vem acompanhado de muitas mudanças, que podem causar certa instabilidade, confusão e medo nos idosos. Quando isso ocorre, o geriatra faz o trabalho de  tranquilizar o paciente, oferecendo recursos para que essa transição seja menos impactante.

3. Tratamento
Em conjunto com o médico especialista, o geriatra auxilia no tratamento de diversas doenças como cardiopatias, diabetes, câncer e sintomas que podem vir a se tornar doenças.

Conclusão

Procure um clínico geral em casos de dúvidas em qual especialidade procurar.

 

Conhecemos um pouco mais da Clínica médica, uma especialidade de amplo conhecimento na medicina que pode atuar nos cuidados da saúde dos adultos em caráter de urgência, recomendá-los a um médico mais específico ou solicitar e realizar exames de rotina para um tratamento de check up ou prevenção de doenças em um paciente.

 

O médico Clínico Geral é o responsável pela especialidade e está presente em quase todos os ambientes clínicos e hospitalares e tem amplo conhecimento de todos os sistemas e órgãos do corpo humano, sendo um importante profissional nos cuidados, prevenção e tratamento de doenças em geral.

 

O clínico geral porém não costuma fazer tratamentos específicos para algumas doenças, ele tem o papel de encaminhar os pacientes para os profissionais específicos de acordo com os sintomas relatados e diagnósticos para tratamentos especiais de acordo com cada caso e necessidades.

 

Algumas faixas etárias de pacientes podem até passar por cuidados com clínicos geral em casos de urgência, mas devem ter seus médicos específicos para tratamento contínuo como o caso das crianças que devem ser tratadas diretamente com pediatra e dos idosos que devem receber os cuidados de um geriatra, visto que esses momentos são delicados na vida e saúde de um paciente e merecem cuidados mais criteriosos.

 

Na dúvida em qual profissional procurar para cuidar da sua saúde e tratar algum sintoma que venha sentindo? Procure um clínico geral e ele vai lhe dar os primeiros cuidados e direcionar você ao profissional correto. Aqui você agenda e faz consultas com um clínico geral de forma rápida e prática.

 

Você conhece alguém que precisa saber melhor sobre a especialidade de clínica médica? Então que tal compartilhar esse artigo com amigos e familiares em suas redes sociais? Além disso, veja estes outros 3 artigos com dicas para aumentar a qualidade de vida e cuidar da sua saúde.